Feitiço da lua


Feitiço da Lua


Lua cheia que me enfeitiça
Me deixa a flor da pele
Me ouriça, me atiça
Me queima por dentro e a pele fere.
Deixa-me cheia
Repleta
Deixa-me outra
Que não fica quieta.
Acorda minha cigana
Desperta minha fera
Me tira da cama
Floresce minha primavera.
Lua cheia sagrada
Cheia lua, safada
Me põe amada
Me deixa faminta
Me faz alucinada
E quer que eu minta.
Por quatro luas resisti
Prendi minhas feras
Respirei fundo
Me omiti.
Nessa lua soltei a mim
Soltei os cabelos
Soltei o vestido
Soltei o riso
Saltei do céu
Desfrutei o paraí­so
Arranquei o véu.
Me atirei aos leões
Às sensações
Tirei do peito desejos profundos
De minh'alma inquieta
De outros mundos
De outros eus.
Ah, lua intensa
Qual é minha sentença
Por simplesmente ser assim
Fiel a minha natureza?

C.S.
Carolina Salcides

9 comentários:

  1. Linda poesia! beijos,tudo de bom,lindo dia!!chica

    ResponderExcluir
  2. Olá Arlete!Tudo bem?
    Amei a poesia!
    Linda quinta flor!xeroo

    ResponderExcluir
  3. Oi Arlete!

    Linda poesia! Amo a lua cheia!
    Canceriana...
    Já viu, não é?

    Bjksss

    ResponderExcluir
  4. Amo poesia, as vezes me atrevo a escrever, penas que as inspirações sempre são em momentos difíceis hehehe. Bjoooooo!

    ResponderExcluir
  5. Lindas e sábias palavras. Obrigada pelas visitas ao meu blog. Bom final de semana,amiga! Beijos em seu coração. Lylian

    ResponderExcluir
  6. Linda poesia minha querida! Obrigada pela visita e pelas palavras ditas no meu cantinho!!!
    Beijinhos sempre...

    ResponderExcluir
  7. Oi Arlete, tudo bem? Ai que bela poesia,Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Hola Arlete linda poesía !!!
    Cariños

    ResponderExcluir
  9. Oi Arlete, obrigada por sua visita, vim te conhecer e ja estou ficando por aqui.
    Lindo blog, muito fofo!
    Não achei onde te seguir, não tenho google+ mas vou tentar sempre estar por aqui :D
    Linda poesia, muito apaixonante seu espaço, bjs

    Coruja Essência

    ResponderExcluir